05.10.15 | Escrito por: O Bom de Viajar

Queime calorias pulando corda

Confira dicas incríveis para se exercitar a qualquer momento e em qualquer lugar!

 

Queime calorias pulando corda

 

O Bom de Viajar é viver em movimento e com muita qualidade de vida. Por isso, o post de hoje é fruto da parceria com o 30 Todo Dia, que traz ótimas dicas pra você não ficar parado! E a dica da vez é perfeita para não deixar o treino de lado, mesmo quando estiver viajando. Descubra como pular corda é um excelente exercício para queimar calorias e manter a forma, sem ocupar muito tempo na agenda ou espaço na mala.

 

 

Pular corda é uma atividade física perfeita pra quem busca queimar calorias e não tem muito tempo na agenda para atividades que demandam uma programação mais complexa. O exercício gasta aproximadamente 15 cal por minuto, valor maior que atividades como natação e lutas! Além disso, é uma atividade super prática e barata: você só precisa de um pouco de espaço livre e de uma corda, que tem um valor médio que vai de 16 a 35 reais. Para completar, quem viaja também pode levar a corda na mala, já que ela nem ocupa espaço na bagagem! Não tem desculpa pra não começar a se exercitar, certo?

 

 

Além do gasto energético, pular corda também trabalha muito bem os glúteos, pernas e panturrilhas, melhorando o condicionamento físico. Mesmo quem não possui experiência com o exercício tem um rendimento interessante, pois no próprio processo de aprendizagem já é possível queimar muitas calorias. O importante, nesse caso, é insistir, pois com 30 minutos diários pulando corda você vai adquirir cada vez mais habilidade.

 

Queime calorias pulando corda

 

Pular corda é divertido, fácil e muito eficaz quando o assunto é queimar calorias. E o melhor: nem ocupa espaço na sua mala de viagem!

Separamos algumas dicas importantes para você ficar ligado antes de começar a praticar este exercício, confira:

 

 

Quanto ao tamanho da corda: é importante que a corda esteja adequada ao seu tamanho. Para descobrir se ela está no comprimento ideal, segure a corda com as mãos, pise no centro dela com os pés unidos, estique até que o cabo em que você apoia as mãos esteja na altura das axilas. Assim, a corda terá o tamanho perfeito para você.

 

Quanto ao tipo da corda: para os iniciantes, é recomendado o uso de cordas mais leves, como as de nylon. Cordas de aço revestido com tecido, de sisal e de couro também são boas, mas são mais pesadas e demoram mais para lacearem. As cordas com peso maior são boas opções para quem já está num nível mais avançado, sendo uma forma de intensificar o treino.

 

Quanto às manoplas (onde você segura): elas devem ser de material resistente, como o PVC, e preferencialmente emborrachadas, evitando que as mãos fiquem machucadas ou com calosidades. Quando for comprar, veja se as manoplas podem ser repostas quando se desgastarem.

 

 

Com a corda correta escolhida, vamos ao treino! Uma boa estratégia é mesclar o exercício de pular corda com outros, como abdominais, agachamentos, flexões de braços entre outros, com isso, trabalhando o corpo por completo. Um treino com duração de 20 minutos, super eficaz e divertido, pode ser feito de 3 a 4 vezes por semana em dias alternados. É importante lembrar que pode haver contraindicação para pessoas que têm problemas articulares, hipertensão ou que estão muito acima do peso. Nesses casos, vale procurar um médico e se informar melhor antes de começar a fazer esse tipo de treino.

 

 

Para conferir mais dicas e o treino completo de corda, você pode acessar este post do 30 Todo Dia 😉

 

Queime calorias pulando corda

 

Difícil ficar parado com essas dicas incríveis, né? Então fique ligado, porque a parceria entre O Bom de Viajar e o 30 Todo Dia promete muitas novidades pra você! Se você quiser saber mais dicas sobre vida saudável, lifestyle e atividade física, visite o site do 30 Todo Dia e movimente-se! 😉

 

Queime calorias pulando corda