08.07.16 | Escrito por: O Bom de Viajar

Viagem através dos livros

As dicas do Inspira pra você viajar na leitura

Viagem através dos livros

Viajamos mesmo quando não estamos com o pé na estrada, certo?

 

Seja pensando em viagem, falando de viagem, desejando, planejando ou juntando $$$ para uma viagem. Essa é a condição de um verdadeiro travel. E nada melhor do que um bom livro – antes, durante e depois da trip – pra encher a gente de inspiração e nos deixar ainda mais apaixonados pela vida.

 

O Inspira desse mês teve a difícil missão de selecionar algumas obras – entre tantas – que nos fazem suspirar. E foi passeando por pilhas e mais pilhas de livros, que decidimos começar com um clássico. Aquele que deve estar em todas as cabeceiras ou escrivaninhas dos apaixonados por viagem.

 

Viagem através dos livros

 

Status: em um relacionamento sério com um livro de viagem

 
 
Encontrar sugestões de livros de viagem não é difícil. Pode ser um romance, uma biografia ou um dos infinitos guias de viagem já publicados. Complicado é escolher entre tantos títulos aquele que realmente vai ganhar o seu coração. A obra que vai fazer você suspirar, se emocionar e te levar junto na trip, independente do destino. On The Road: Pé na estrada, do norte-americano Jack Kerouac, é um desses.

 

Esse clássico de 1957 narra as aventuras de dois jovens, Sal Paradise e Dean Moriarty, por incríveis rotas pelos Estados Unidos. De Nova Iorque a Denver, de São Francisco a Los Angeles (como as nossas as viajantes fizeram recentemente em nossa coluna De Carona com o Bomde), o romance, inspirado por viagens feitas por amigos do autor, mostra o desejo dos garotos de ganhar o mundo. o/

 

Em sua jornada cruzando o país, embalados por muito jazz e poesia, os personagens vivem as mais variadas experiências, o que faz da viagem uma trajetória de autoconhecimento.

 

Além do roteiro incrível e intenso, a obra é um dos principais representantes do movimento Beat, dando origem a inúmeros outros movimentos de contracultura dos Estados Unidos na época. Já ouviu falar sobre a “Geração Beatnik”?

 

Bom, pra quem ainda não leu, corre na livraria ou no sebo, coloca debaixo do braço e boa viagem.

Essa obra é demais!

 

 

+ Viagens

 

Pra quem está procurando algo diferente pra registrar todas as lembranças de viagens, vai adorar o livro interativo e super criativo Listografia: sua vida em listas. Nele você pode escrever todas as memórias e ainda criar uma espécie de scrapbook (aqueles livros onde fazemos colagens, sabe?). Muito legal!

 

Nostalgia foi a inspiração da autora, Lisa Nola, para inventar um tipo inusitado de autobiografia. Quais os lugares que você adoraria conhecer? Quais foram os melhores presentes que você já recebeu? As coisas que mais irritam você? Seus momentos mais embaraçosos?

 

Entre as recordações, você pode relembrar episódios engraçados da sua vida, pessoas que conheceu, viagens que fez, músicas, filmes… Com diversas perguntas divertidas e lindas ilustrações, Listografia te incentiva a colocar no papel pedaços da sua história pessoal.

 

A ideia é guardar todas as lembranças com muito carinho. Afinal, recordar é viver! 😉

 

Pra quem curtiu, o livro foi publicado aqui no Brasil pela editoria Intrínseca e está disponível em várias lojas.

 

Viagem através dos livros

 

Uma biblioteca pra chamar de sua

 

É comum encontrar nas livrarias um espaço exclusivo reservado à leitura, como pequenas cafeterias ou áreas com puffs, sofás e mesas. Raro e surpreendente será  quando sairmos para almoçar ou jantar e nos deparamos com uma linda e sofisticada biblioteca instalada no interior de um restaurante. Sim, isso existe e é incrível!

 

Daí você pode pensar: ah, isso é coisa de gringo… Aposto que vou ter que viajar pro exterior para ter essa experiência e conhecer um lugar bacana assim. Mas nã nã ni nã não! Isso é coisa bem brasileira!

 

Livros raros, com edições antigas e de importantes autores nacionais e internacionais foram especialmente selecionados pelo livreiro Pedro Corrêa do Lago para a incrível biblioteca do Restaurante Veríssimo, no hotel Pergamon São Paulo Frei Caneca, em Sampa. Uma curadoria bacana que inclui contos do brasileiro Humberto de Campos, a rara obra La Saga des Vikings, do alemão Rudolf Pörtner e livros do francês Maurice Druon, membro da  Academia Francesa de Letras, fazem parte do acervo.

 

O mais legal é que isso tudo está à disposição dos frequentadores do restô a partir do café da manhã. Demais, né?

 

 

Clube da leitura

 

Livros, independente do gênero, podem ser ótimas companhias durante as viagens. Esperar um voo ou aproveitar um dia de sol no parque fica bem melhor quando estamos bem acompanhados. 😉

 

E pra quem gosta de mordomia e ideias inovadoras, fazer parte de um clube de assinatura de livros pode ser uma boa. No TAG – Experiências Literárias, além dos associados receberem todos os meses os kits com uma obra de gênero e autores diversos, a curadoria é toda feita por escritores renomados. Nomes como Luis Fernando Verissimo ou Mario Sergio Cortella indicam a obra e você recebe o material em casa. Não é tudo de bom?!

 

Leitura é um dos jeitos mais lindos de viajar, sem necessariamente sair do lugar.

 

Literatura nos inspira, sempre.

 

Viagem através dos livros