13.09.16 | Escrito por: O Bom de Viajar

Um brinde à cachaça!

Conheça o Rio que vai além do samba, suor e cerveja

É claro que o Dia Nacional da Cachaça não passaria em branco por aqui, não é?

 

E pra comemorar em grande estilo – e com o copo cheio, claro – nós convidamos a Lavínia Bittencourt uma estudiosa da Etnogastronomia, apaixonada por viagens e com uma bagagem cheia de histórias, curiosidades e dicas, pra nos dar o caminho das pedras e degustar o melhor da água que passarinho não bebe na Cidade Maravilhosa.

 

Cachaça copo

 

Conta pra gente, Lavínia!

 

Hoje a cachaça é reconhecidamente a bebida nacional e a sua produção no Brasil acontece desde o século XVI, surgindo como um subproduto do açúcar. O que poucas pessoas sabem é que a cachaça já foi moeda corrente entre Brasil e África, e que “patrocinou” a reconstrução de Lisboa, após o terremoto de 1755… Tudo muito interessante, mas vamos direto ao que mais interessa para os amantes dessa paixão nacional? Vamos degustar!

 

Clara e transparente como a água ou quase da cor do mel, em ocasião da comemoração do Dia da Cachaça, selecionamos algumas dicas pelo Rio, para quem quiser degustar um dos nossos produtos típicos, nas mais perfeitas e variadas atmosferas cariocas.

 

Cachaça garrafa

 

Sigam-nos os bons!

 

 

 

ACADEMIA DA CACHAÇA

 

Com dois endereços na cidade, oferecem além de cachaças, um cardápio bem carioca para acompanhar.

 

LEBLON: Rua Conde Bernadotte, 26. Diariamente, a partir das 12h.

BARRA: Av. Armando Lombardi, 800 – loja 65 – L. Diariamente, a partir das 12h.

 

MANGUE SECO

 

Num casarão do Século XIX, em estilo rústico, oferece música ao vivo e mais de 100 marcas diferentes de cachaça!

 

CENTRO: Rua do Lavradio, 23 – Lapa. Terças, quartas e quintas, a partir das 18h30min, sextas, a partir das 19h e sábados, a partir das 20h.

 

 

CAFÉ DO BOM, CACHAÇA DA BOA

 

Na rua mais Carioca do Rio de Janeiro, o boteco oferece mais de 90 cachaças de estados brasileiros diferentes.

 

CENTRO: Rua da Carioca, 10 – Centro. De terças a sextas, 10h às 20h e sábados, das 10h às 14h.

Café do Bom - Foto Guia Cultural Centro do Rio
Foto: Guia Cultural Centro do Rio

 

CASA DA CACHAÇA

 

Conhecida também como “Bar da Cachaça”, esta casa é uma especialista neste tipo de destilado, desde a década de ’60. Conta com mais de 100 rótulos diferentes!

 

CENTRO: Av. Mem de Sá, 110 – Lapa. De terças a domingos, das 12h às 06h.



BAR DO MOMO

 

Do tipo “pé sujo”, além das locais, conta com uma seleção de cachaças mineiras, nordestinas e gaúchas.

 

TIJUCA: Rua General Espírito Santo, 50 – Tijuca. De terças a sextas, 14h às 22h, sábados, das 11h às 22h e domingos, das 12h às 16h.

 

 

BENDITHO BAR

 

Aqui as cachaças são artesanais e todos os pratos têm nomes religiosos… Uma “benção”!

 

TIJUCA: Rua Baltazar Lisboa, 47 – Tijuca. De terças a sextas, das 17h à 01h, sábados, das 13h à 01h e domingos, das 13h às 23h.

 

 

Foto: Mapa da Cachaça



Foto: Petisco da Vila

CACHAÇARIA DA VILA

 

“Cria” do famoso bar Petisco da Vila, no bairro boêmio de Vila Isabel, esta cachaçaria fica no Shopping Nova América. Conta com mais de 1.000 rótulos diferentes, de todas as partes do país, além de duas de fabricação própria!

 

DEL CASTILHO: Av. Pastor Martin Luther King, 126 – Shopping Nova América. De segundas a quintas, das 11h à 00h e sextas e sábados, até às 02h.

 

 

Armazém São Thiago: tradição em Santa Teresa

ARMAZÉM SÃO THIAGO

 

Com quase um século de história, (quem sabe quantas estórias?) desde 1919, este armazém oferece uma grande variedade de cachaças e petiscos.

 

SANTA TERESA: Rua Áurea, 26 – Santa Teresa. De segundas a sábados, das 12h à 01h e domingos, das 12h às 22h.

 

Com tanta dica bacana assim, fica difícil não ter vontade de sair pelo Rio pra experimentar um golinho da querida pinga brasileira, né?

 

Bom passeio e bons drinks!