14.09.16 | Escrito por: O Bom de Viajar

BuzzBomde: bolacha ou biscoito?

Pra acabar de vez com as dúvidas e dominar o dicionário gastronômico popular

Qual é o certo, bolacha ou biscoito?

 

Pronto: basta fazer esta simples pergunta para pessoas de diferentes regiões do Brasil que a polêmica estará lançada. O mundo Brasil está praticamente dividido entre aqueles que falam bolacha e aqueles que jamais comerão outra coisa que não seja biscoito.

 

 

 

 

Mas calma que aqui no Bomde não tem guerra não. Bolacha tem seu espaço e biscoito também. Tá tudo certo, tranquilo e favorável! A nossa praia é viajar sem parar e sempre respeitar o vocabulário de cada lugar. 😉

 

E pra ninguém sair pagando mico por aí na hora do pedido, fizemos um guia… Um pequeno dicionário popular, pra você carregar pra onde for, com os principais nomes de um mesmo alimento em diferentes partes do país.

 

Pegue o bloco e anota aí. Se não decorar, não tem problema. A graça aqui começa em se divertir.

 

 

 

Descubra o jeito certo de se falar o nome das delícias gastronômicas em cada lugar. E um viva à cultura popular!

 

 

 

Quem nunca pagou mico viajando por aí? Normal. Mas vamos combinar que algumas situações podemos ser evitadas. E é por isso que estamos aqui! Pra te ajudar a dominar o glossário popular do paladar. Queremos ver você fazendo bonito na hora de curtir, do Oiapoque ao Chuí. 😀




Pão Francês

 

Chegou na padaria faminto e tudo o que você quer é um Cacetinho quentinho? Tudo bem, se você estiver no Rio Grande do Sul. Caso contrário, espere tensão, risinhos envergonhados e todo o tipo de reação, menos compreensão. Então preste atenção em como é chamado o Pão Francês em cada região:

 

Pão francês

 

 

 

Pão Francês: São Paulo (Baixada Santista), Rio de Janeiro

 

Média ou Pãozinho: São Paulo

 

Filão: Ribeirão Preto

 

Carioquinha: Ceará

 

Pão Jacó: Sergipe

 

Pão Careca: Pará

 

Massa Grossa: São Luís (Maranhão)

 

 

 

Misto Quente

 

E lá vem o pão novamente pra fazer confusão. Não, calma! Ele não é o vilão. Neste caso, só precisamos saber que se você quiser comer um pão de sanduíche com presunto e queijo prensado na chapa ou sanduicheira, ele pode se chamar:

 

Misto quente: comumente falado assim no Sudeste e Centro Oeste
Torrada: gaúcho que é gaúcho come uma bela Torrada no café da manhã

Mas você também pode encontrar com o nome de: Prensado, Prensadinho, Tostado…

O nome é o de menos, já que esse sanduíche é sempre simples, mas uma delícia.

 

 

Coffee Time

Café com Leite

 

Café com Leite não tem tantas diferenças por região, mas pode deixar alguma dúvida quando aparecer como:

 

Pingado

Média

Macchiato

Cappuccino

 

Normalmente, a diferença está no preparado, mas todos são com alguma dose de café + leite.

 

 

 

 

 

 

Prato Feito

 

A famosa combinação de arroz, feijão, bife (normalmente gado ou frango) e batatas fritas, às vezes com variações incluindo feijão e saladas, é conhecido no Sudeste e Centro-Oeste como Prato Feito ou PF. Mas se estiver transitando pelas ruas de Porto Alegre (no Rio Grande do Sul), o nome certo lá é A La Minuta.

 

 

 

Geladinho

 

O calor das praias do Rio de Janeiro pede um Geladinho, né? Esse picolé artesanal, sem palito, preparado em pequenos sacos plásticos, também pode ser chamado de:

 

Sacolé: Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul
Chup-chup: São Paulo, Minas Gerais
Dindin: Rio Grande do Norte
Geladinho: Bahia
Juju, Dudu, Brasinha: Ceará
Laranjinha: Goiás

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Tangerina

 

Tá no Nordeste, passou por uma feira e bateu aquela vontade de comer uma Tangerina? Então peça por uma Mimosa ou Laranja-cravo. Também conhecida como Bergamota na região Sul, Ponkan ou Mexerica em Goiás. Mas se na placa de identificação do mercado estiver escrito Mandarina, Fuxiqueira ou Manjerica, pode ir com fé que é a mesma coisa. 🙂

 

 

 

 

Salsicha

 

 

 

Patrick

 

 

 

Abóbora

A Abóbora é chamada de Jerimum no Nordeste. Fim!

 

Batata Baroa

A deliciosa Batata Baroa (no Rio e em Minas) é conhecida como Mandioquinha (em SP). Mas se estiver no Paraná, você deve chamar ela de Batata Salsa.

 

Salsicha

Diferentões, o pessoal de Curitiba (no Paraná) resolveu chamar a salsicha de Vina.

 

Vinagrete

Uma das principais atrações do churrasco, o molho de vinagre, feito de azeite, tomate, cebola, pimentão verde e cheiro verde (não sabe o que é cheiro verde? Leia o próximo item), é conhecido como Molho Campanha ou Molho à Campanha no Rio de Janeiro.

 

 

 

Cheiro Verde

 

Sabe aquele raminho de ervas aromáticas, geralmente salsa e cebolinha, usadas para condimentar a comida? Isso é o Cheiro Verde. Mas se você estiver pelas bandas do Rio Grande do Sul, prefira chamar de Tempero Verde. Para os íntimos: Temperinho Verde. ♥

 

 

Mandioca

 

Pelo Sul e Sudeste, a raiz é mais conhecida como Mandioca. Mas no Rio de Janeiro e no Rio Grande do Sul, o povo costuma chamar de Aipim. Lá para os lados do Norte e Nordeste, a famosa raiz atende pelo nome de Macaxeira.

 

Achou que já tinha terminado a lista? A danada é tão versátil que também foi batizada por aí de: Castelinha, Uaipi, Aipi, Mandioca-doce, Mandioca-mansa, Maniva, Maniveira, Pão-de-pobre, Mandioca-brava e Mandioca-amarga.

 

 

 

Mandioca



Prontos para viajar e colocar em prática o nosso pequeno dicionário gastronômico popular? 😉

 

Somos desse mundão e a diversidade enriquece nossa cultura, fala muito sobre um determinado lugar e rende muitas histórias pra contar.

 

Boa viagem! 😀

Tags

#Brasil#Buzzbomde#Dicas

Posts relacionados