11.05.17 | Escrito por: O Bom de Viajar

Viagem de mãe

As histórias que colecionamos com nossas heroínas estrada afora

Provavelmente ela tenha sido a sua primeira companhia de viagem. A primeira a registrar as suas aventuras, a pegar na sua mão numa desventura, que te ensinou a fazer a bagagem e que curtiu com você as primeiras paisagens.

 

E mesmo que você não se lembre direito de todos esses momentos, sabe de cor e salteado cada um deles, graças ao álbum de fotografias que ela fez e faz questão de mostrar nos encontros de família (isso se já não publicou tudo no Facebook).  Mais ou menos assim, né? 😉

 

O tempo passa e a coleção de boas lembranças só aumenta: é um voo quase perdido, um mico internacional, a vez que experimentaram aquela comida exótica, a balada que fizeram juntos ou quando fizeram a viagem dos sonhos.

 

Crescemos, ganhamos o mundo e, por sorte, nossas mães seguem nos acompanhando nas trips da vida.

 

E pra homenagear essas grandes aventureiras, reunimos boas histórias de viagens entre mães & filhos. É pra rir, se emocionar e pegar carona nessas recordações cheias de amor! 

 

 

 

Viagem de mãe

 

 

Viva a pessoa que experimentou com você as primeiras alegrias que uma trip pode proporcionar. Mãe é a melhor viagem!

 

 

 

Algumas são aventureiras, outras preferem destinos mais sossegados e tem aquelas que topam tudo, não tem tempo ruim. Agora, quantas histórias uma viagem com a sua mãe pode render? Apostamos que muitas. 🙂

 

Bem-vindos ao diário de bordo de mães & filhos. Boas risadas e muitas emoções não vão faltar!

 

 

Viagem de mãe

 

 

“Minha mãe e eu já corremos, literalmente, pelo aeroporto para não perder um voo. Parecíamos duas loucas, perdidas, correndo e procurando nosso portão de embarque. Até hoje, só de lembrar, me dá um frio na barriga e uma vergonha absurda. kkkk

 

– Já ri alto dela fazendo mímica e tentando se comunicar em outras línguas nos países que visitamos juntas.

 

– Já ficamos preocupadas juntas quando meu irmão passou mal durante um voo e ela me ajudou a cuidar do meu marido quando ele teve febre alta durante uma viagem, num país que não falávamos a língua.

 

– Já vi seus olhos brilharem quando visitamos um cenote e foi a primeira corajosa a pular na água. O cenote tinha 18 metros de profundidade e meu pai, preocupado do lado de fora, demorou muito tempo até entrar… rsrs

 

– Quando era criança, minha família alugou uma casa na praia pra passar o feriado. Eu fiquei doente e estraguei o passeio de todo mundo. Minha mãe ficava na casa comigo enquanto os familiares iam se divertir na praia. Coisa que só mãe faz por você!

 

– Vi ela ser a mais empolgada do grupo numa balada no Caribe! Nesse dia ela experimentou tequila pela primeira vez e adorou.

 

Foram muitas experiências, algumas furadas e muitas alegrias! Que possamos viver mais muitos momentos juntinhas. Te amo Neuza Gonçalves Dos Santos”

 

 

Viagem de mãe

 

 

Viagem de mãe

 

“Quando eu era pequena, era tradição da família viajar a cada um ou dois anos de carro pro Paraguai, e eu era sempre a menor, porque sou a caçula. Iam tios, primos, vô, vó e tudo mais. Numa dessas, no meio do caminho, eu precisava muito fazer xixi e, na época, não tinha muito onde parar. Aí eu fiz xixi no penico (clássico dos anos 90)  dentro do carro mesmo e minha mãe jogou fora pela janela. Só que meu tio vinha no carro de trás e o xixi pegou todo no carro dele. 

 

HAHAHA

 

Só podia ser coisa de mãe, né?

 

PS: essa história é lembrada em toda reunião de família.”

 

 

Viagem de mãe

 

 

 

Viagem de mãe

 

 

“Desde que me conheço por gente é ela que me leva pra conhecer o mundo. Já fomos pra Disney, Nova York, Argentina, Colômbia e vários estados do Brasil. Nossa última viagem foi pra Noronha, já que várias pessoas falavam pra irmos visitar, pois nós adoramos praia. Conseguimos um ótimo pacote para fazer essa viagem e achamos o lugar maravilhoso.”

 

 

Viagem de mãe

 

 

 

Viagem de mãe

 

 

“Eu tenho uma irmã e nós temos a melhor mãe do mundo. Há uns 6 anos decidimos que iríamos viajar só as três a cada dois anos. A gente cresce, casa, sai de casa e achamos que ter esse momento só mãe e filhas seria muito bom para as três, para cultivar a parceria e o amor. Já foram três viagens e cada uma delas é repleta de histórias para contar, briguinhas normais da convivência e uma vontade enorme de viver tudo outra vez.

 

Nossa última viagem foi para a Disney, foi mágico, lindo, encantador. Minha mãe andou em todas as montanhas-russas, aguentou firme nas longas filas e comeu o pernil na mão como se fosse uma criança.

 

O que fica é a certeza que viajar é sempre bom e com as pessoas que a gente ama, é melhor ainda.”

 

 

Viagem de mãe

 

 

 

Viagem de mãe

 

 

“Eu e meu pequeno (hoje com 07 anos) somos viajantes de plantão. Sempre que podemos estamos no mundo e sempre colecionamos várias histórias. Já perdemos um voo para São Paulo, porque a criança grande estava tomando cappuccino. Mergulhamos juntos em Providência (uma ilha na Colômbia), onde ele teve a oportunidade de ver arraias e tartarugas e acampamos debaixo de chuva.”

 

 

Viagem de mãe

 

 

 

Viagem de mãe

 

“Eu e minha mãe nos divertimos muito! Temos um humor (ácido) muito parecido. Minha mãe é muito caseira e é muito raro conseguir tirá-la de casa. Então foi muito legal conseguir viajar com ela e curtir um tempo sozinhas, principalmente no seu aniversário. Fomos para um SPA em Itaipava – Rio, que já fomos algumas vezes para relaxar, curtir a natureza, pena que não parar comer. Rsrs Minha mãe é uma peça, basta ver o vídeo.”

 

(clique na foto para ver o vídeo 😉 )

 

 


Viagem de mãe

 

 

 

Viagem de mãe

 

 

“Essa foto foi tirada em Balneário Camboriú, quando eu tinha 5 anos. Hoje, com 31, sempre que vou pra lá ou vejo em algum lugar uma notícia sobre o lugar, lembro que em todos os verões passávamos vários dias de férias juntas. Sempre com fotos engraçadas, bicicleta e praia!”

 

 

Viagem de mãe

 

 

 

Viagem de mãe

 

 

“Era a minha primeira viagem na vida, fomos comemorar meu aniversário de 8 anos na tão amada terra de voinha: Campina Grande, PB. O ano era 1998 e eu estava prestes a completar 8 anos durante a Copa do Mundo na França. Foi demais! Além da Copa, Campina Grande em junho (que é mês do meu aniversário) tem a mais famosa e deliciosa festa de São João. Foi sensacional! Fiz vários amiguinhos e tive uma super festa de aniversário. Com o fim da viagem, minha vó e eu nos prometemos voltar lá para conhecer mais do estado e as tão famosas praias de João Pessoa – que são lindas!

 

Treze anos depois, voltamos à Paraíba. Dessa vez, fomos no fim de 2011 passar a virada do ano. Fomos de avião e foi a nossa primeira experiência juntos numa aeronave, nunca tínhamos viajado de avião, nenhum dos dois – tínhamos ido de ônibus na primeira vez, numa viagem de 3 dias. O resultado dessa viagem é que minha vó ficou deslumbrada por andar de avião e não cogita mais sequer viajar em outro meio de transporte agora – já viajou até sozinha. E eu, virei uma viajante profissional praticamente, aproveitando todo espaço que dá e sobra na agenda para conhecer lugares pelo Brasil e o mundo.”

 

 

Viagem de mãe

 

 

 

Viagem de mãe

 

 

“Um vez fui pra Argentina com a minha mãe e minha vó, eu era bem pequeno e lembro bem como foi. Era um dia bem quente e na época as ruas ainda não eram asfaltadas na casa da minha tia avó, em Urdinarrain, então resolvi molhar a areia da rua e tomar banho de lama sozinho. Minha mãe diz que passou muita vergonha comigo andando daquele jeito pela rua e enquanto chegavam visitas na casa da minha tia avó.

 

Outra vez fui pra casa do meu avô paterno, em Cacequi, bem interior do Rio Grande do Sul. Chegando lá, resolvi brincar na rua com meus primos e também não era nada asfaltado, já que estávamos no interior. No final do dia, eu com os pés cheio de sujeira, fui num bar com minha mãe pra comprar algumas coisas. Chegando no bar, um senhor pediu um copo de “pé sujo” (coca-cola com cachaça ou vinho) e o dono do bar apontou pros meus pés e disse: serve aqueles ali? Lembro que fiquei bem bravo e todo mundo em volta tava rindo como se fosse uma piada.”

 

 

Viagem de mãe

 

 

 

Viagem de mãe

 

 

“A Isabel mora em Sde Boker, que é uma pequena comunidade israelense (kibutz) no deserto de Negev, no sul de Israel. Mais conhecido como a casa de repouso do primeiro primeiro-ministro de Israel, David Ben-Gurion. Somos muito ligadas, e o fato da Isabel morar longe faz com que sempre que possível as 3 façam viagens fantásticas para se encontrar. O nosso lema é #tododiaedia. Próximo destino: Nova Iorque.”

 

Lugares já visitados: Polônia, Paris, São Paulo e Áustria.

 

 

Viagem de mãe

 

 

 

Viagem de mãe

 

“Eu e a Lívia já tínhamos feito várias pequenas viagens: Rio de Janeiro, Curitiba e as clássicas idas à praia no verão gaúcho. Mas nunca sozinhas. Quando ela completou 7 anos pediu de aniversário para conhecer o parque do Beto Carrero, em Santa Catarina.
Fomos e foi umas das experiências mais legais que tivemos juntas. Diversão, cumplicidade e emoção que vamos levar pra sempre. Que venha mais!”

 

 

Viagem de mãe

 

 

 

Ficou inspirado com tantos momentos especiais? Quer ter mais uma lembrança incrível com a sua mãe?

 

Temos uma dica: a rede BHG preparou uma programação super bacana nos seus hotéis, em várias cidades do país, pra quem quiser marcar o Dia das Mães com muito amor e alegria. Confere aqui e aproveitem!

 

Das pequenas às grandes viagens, das engraçadas às emocionantes, as viagens com elas são sempre inesquecíveis. 

 

Viva as mães!