24.05.17 | Escrito por: O Bom de Viajar

Recife pra turistar o ano todo

Uma cidade cheia de história e que vai muito além do Carnaval

Estamos animadíssimos com a nossa próxima viagem e não poderia ser diferente. Recife é puro alto-astral!

 

A colorida capital pernambucana tem ritmos vibrantes e alegres, sotaque marcante, cultura ímpar e um povo que sabe como ninguém receber o mundo de braços abertos a qualquer hora.

 

Êta destino arretado! Vem com a gente!

 

 

Recife por insiders

 

Recife tem uma mistura perfeita de capital com litoral. A Veneza dos brasileiros é ideal pra turistar

 

 

 

Começando o dia com o pé direito

 

 

Casarões históricos, canais, rios e pontes dão um super charme à cidade conhecida como Veneza brasileira por tudo isso. E já podemos adiantar, é uma lindeza só!

 

Então prepara o protetor solar, porque vamos bater muita perna pra curtir o melhor da capital cultural do Nordeste e maior metrópole da região, que mistura muito bem o antigo com o novo, a areia com o asfalto e todos os prazeres que só uma praia urbana pode ter.

 

Bora, que a energia é boa. Uma alegria só! 😀

 

 

Andar com fé

 

Não tem jeito, para turistar e aproveitar de verdade, principalmente a parte central de Recife, o negócio é caminhar. São muitas atrações no Recife Antigo, bairro histórico e totalmente revitalizado.

 

E pra começar, um projeto bacana fomenta de forma sustentável o turismo por lá, é o Olha! Recife, que tem vários roteiros para fazer a pé, de bus, barco ou de bike. O seu único trabalho vai ser escolher a rota. Demais, né?

 

Quem prefere ser seu próprio guia, vamos ajudar você também.

 

Olha! Recife
Foto: Projeto Olha! Recife

 

Marco Zero

 

Famoso palco das manifestações culturais, é um ícone recifense. É no Marco Zero, na Praça Rio Branco, que rolam as festas durante os feriados mais importantes, incluindo o Carnaval, é claro. Também é conhecido como local de fundação da cidade do Recife e como ponto inicial de contagem das distâncias calculadas a partir da cidade.

 

Ao seu redor, construções como o Centro Cultural da Caixa e a Associação Comercial de Pernambuco completam o visual bonito.

 

Há alguns passos dali, bem pertinho, fica o Centro de Artesanato de Pernambuco. Um lugar pra conhecer a rica arte regional e garantir o souvenir da viagem. Queria saber onde encontrar aquela escultura de barro do Leão de Nuca de Tracunhaém, carrancas, almofadas de fuxicos e tantas outras maravilhas feitas à mão? É aqui.

Centro de Artesanato de Pernambuco
Foto: Centro de Artesanato de Pernambuco

 

Rua do Bom Jesus

 

A pequena e simbólica rua reúne prédios antigos e coloridos. E ali que fica o casarão onde foi construída uma das primeiras sinagogas das Américas. É também ali que, aos domingos, rola a Feirinha do Bom Jesus com muitas opções de produtos.

 

Mercado de São José

 

Mercado público é ponto turístico obrigatório sim. Pra entender um pouco do lifestyle, para provar iguarias locais e pra fazer comprinhas, não tem lugar melhor.

 

O Mercado de São José foi inaugurado em 1875 e sua arquitetura revela bem as influências da época. O prédio foi restaurado e é um dos melhores lugares para achar do peixe fresco à sandália de couro em Recife. Super democrático!

 

Cais do Sertão

 

O Cais do Sertão é um dos atuais espaços culturais mais legais de Recife. Marcado pela tecnologia, parte das instalações proporcionam interatividade com as exposições.

O centro cultural conta de um jeito irreverente e super divertido parte das memórias do povo sertanejo e nordestino. Destaque para a exposição ‘O Mundo do Sertão’, em cartaz desde a inauguração, em 2014.

 

A vida e obra do grande artista Luiz Gonzaga é outra atração importante de lá. Vale muito a pena visitar!

 

 

Feirinha do Bom Jesus
Foto: Feirinha do Bom Jesus

Mercado de São José
Mercado de São José, foto por @nathaliaverony

Cais do Sertão
Foto: Cais do Sertão

 

 

Paço do Frevo

 

Um lugar exclusivamente dedicado ao ritmo que é a grande marca registrada da cidade. História da dança, espaço de pesquisa, alegorias de Carnaval, mostras permanentes e até aulas de dança e música acontecem lá. Um prédio inteiro para celebrar essa maravilha de manifestação artística.

Todo dia é dia de frevo, bebê!

 

Casa da Cultura

 

A Casa de Cultura funciona onde antigamente era uma casa de detenção. Arquitetura austera de uma obra que está na cidade desde antes da abolição da escravatura, hoje abriga mais de 100 lojinhas com os mais variados produtos, praça de alimentação, um teatro e painéis do pintor pernambucano Cícero Dias.

 

Parque das Esculturas

 

Em frente ao Marco Zero, o parque é mais uma das obras incríveis do artista plástico Francisco Brennand. A exposição permanente com as 90 esculturas de cerâmicas dá um ar bem moderno e contemporâneo à cidade.

 

Paço do Frevo

 

Casa da Cultura

Parque das Esculturas

 

 

E o que mais?

 

 

Torre Malakoff
Torre Malakoff, foto: Secretaria da Cultura de PE

 

Passeios pelo Rio Capibaribe podem ser feitos com catamarãs ou com barquinhos menores oferecidos por pescadores locais por preços mais em conta. 😉

 

Ainda no centro, a Torre Malakoff é um ótimo lugar para observação astronômica. Além de observatório, exposições e outras manifestações culturais sempre rolam por lá.

 

O Teatro Apolo é um clássico da arquitetura histórica. O local tem uma programação alternativa com preços populares.

 

O projeto Recife Antigo de Coração fomenta e incentiva no último domingo de cada mês que as pessoas ocupem áreas públicas de diferentes formas. A programação inclui práticas esportivas, música, exposições e várias outras atividades para todos os públicos.

 

 

Teatro Apolo
Teatro Apolo, foto: Sol Pulquério/PCR

 

Ô delícia!

 

E como ir embora sem experimentar o tão famoso bolo de rolo? Não ouse cometer esse deslize! Vá até a Casa dos Frios, em Boa Viagem, e peça um… dois… três. É impossível resistir a essa delícia pra lá de local. Obrigado. De nada! 😀

 

Pra quem gosta de muitas opções, a boa é ir aos Armazéns do Porto. São vários restaurantes num lugar só. Vale passear, tomar cafezinho e até curtir o pôr do sol tomando uma cervejinha gelada.

 

O Parraxaxá serve a típica culinária nordestina. Carne de sol, escondidinho de charque, baião de dois, feijão verde e macaxeira frita são algumas das iguarias do restaurante.

 

Outra opção pra comer sem pressa é o Chica Pitanga. Muitos pratos com frutos do mar de dar água na boca.

 

Quer comer uma carne de sol s-e-n-s-a-c-i-o-n-a-l? Então corre pro Tio Pepe, que tem mais de 50 anos de história.

 

E pra quem gosta de tradição, o restaurante Leite é a nossa dica, na cidade desde 1882.

 

Não quer perder a oportunidade de comer um saboroso caranguejo ou um delicioso ensopado de bode, iguarias pra lá de locais? Então corre pro Guaiamum Gigante ou para o Entre Amigos O Bode. Dica de insider, hein! 🙂

 

E pra fechar com chave de ouro, não dá pra faltar um lugarzinho pra curtir aquele arrasta pé, né? O Jabá fica em Jaboatão dos Guararapes e é o lugar perfeito pra dançar forró a noite toda. Fica a dica!

 

 

Armazéns do Porto
Casa dos Frios
Entre Amigos O Bode
Guaiamum Gigante
Parraxaxá
Chica Pitanga

Boa Viagem

 

 

O nome da praia por si só já é super convidativo, né?

 

A praia de Boa Viagem é bem democrática e podemos dizer que é quase uma praça de alimentação a céu aberto. São tendas, barracas e vendedores ambulantes que oferecem o tempo inteiro todos os tipos de comidas e bebidas: do caldinho ao amendoim.

 

Ao longo da orla, quiosques, pista de corrida, chuveiros, equipamentos de musculação e até quadra de vôlei. Coqueiros, mar verdinho e areia branquinha deixam tudo mais incrível.

 

Ah, também tem a Feirinha de Boa Viagem para levar pra casa algo local.

 

E a hospedagem? Está garantida! O Grand Mercure Recife Boa Viagem conta com excelente localização e muito conforto pra você curtir o destino com toda a tranquilidade que você merece. 

 

É uma alegria!

 

 

Quer aproveitar outras coisas boas no bairro?

 

A dica é conhecer a Galeria Joana Darc. O moderno espaço tem galeria de arte, lojas e opções para um animado happy hour. Lugar super cool e bacana.



Atenção mergulhadores!

 

Aos adeptos do esporte, Recife tem 18 embarcações afundadas. É a Disney dos mergulhadores. Então, pra quem quiser incluir essa atividade no seu roteiro, o ideal é visitar a cidade durante a primavera, quando o mar está mais calmo e claro.

 

 

Carnaval

 

Terra do maracatu, frevo e ritmos africanos, a cidade literalmente para durante o Carnaval pra fazer uma das festas mais bonitas do Brasil. É daqui o lendário maior bloco de Carnaval do mundo: o Galo da Madrugada.

 

Esticadinha até Olinda

 

E como encerrar esse post sem falar de Olinda, minha gente. Não tem como!

 

A cidade vizinha fica colada à capital do Pernambuco, mais ou menos 7 km, e vale demais a visita.

 

Bora?!

 

* No Alto da Sé você pode curtir o pôr do sol e provar uma bela tapioca, que é Patrimônio Imaterial da Humanidade pela Unesco.

 

* Durante o Carnaval é ali que rola o encontro do tradicional bloco Sala da Justiça e seus personagens maravilhosos.

 

* Pra quem gosta de arte é na Rua do Amparo que fica a maior concentração de ateliês da cidade.

 

* E pra fazer uma happy hour bem local, corre pra Bodega do Veio.

 

* Visite o Mirante da Caixa D’Água para ter uma vista inesquecível e fazer as fotos bem legais.

 

* O Mosteiro de São Bento vale pela arquitetura barroca impressionante.

 

* Quer garantir souvenir também? O lugar é o Imaginário Brasileiro.

 

* Lugar bacana pra fazer festa e curtir a arte contemporânea regional? Casa do Cachorro Preto. Arte e festa no mesmo endereço. A gente adora!

 

Dessa vez, nossa trip fica por aqui.  Saímos com a certeza que Recife e Olinda são terras incríveis para turistar por esse Brasil.

 

Oxe, já bateu a saudade e a gente não vê hora de voltar. \o/