14.08.17 | Escrito por: O Bom de Viajar

24 horas em São José dos Pinhais

A dose exata de diversão e sossego bem pertinho de Curitiba

Amanhecer nos campos de São José dos Pinhais. Sol ilumina campo enevoado cheio de árvores. Raios de luz passam em meio à névoa.

Vinhos, queijos, pães, doces e muitas delícias de tradição italiana. Parques, trilhas, piscinas naturais e cachoeira. Restaurantes, bares, shopping, museus, hotéis, aeroporto e outras tantas atrações fazem a mistura perfeita de rural e urbano que São José dos Pinhais, no Paraná, tanto se orgulha.

 

Coladinha em Curitiba, a cidade é um daqueles destinos mágicos que sabe misturar com propriedade um bom agito com a dose necessária de calmaria.

 

Sabe sossego e diversão na medida certa? 24 horas por lá e você nem vai ver passar.

 

Vem com o BOMDE, vem!

 

 

Vista da cidade. Ao centro, Igreja Matriz e uma grande árvore araucária.

 

Muito pinhão, tradições e natureza exuberante fazem de São José dos Pinhais um lugar especial

 

 

Cidades vizinhas das grandes metrópoles e capitais brasileiras podem ser a cereja do bolo da sua viagem. De fácil acesso, muita hospitalidade e atrações capazes de surpreender até os mais viajados.

 

Fazer um roteiro nas regiões metropolitanas é mais do que recomendado [o BOMDE aprova] e vem com doses de felicidade, a gente garante. São José dos Pinhais, no Paraná, é um desses destinos ou, podemos dizer, tesouros, escondidos bem pertinho da cosmopolita Curitiba (mais ou menos 20 minutos de carro).

 

Colônia de italianos, poloneses e ucranianos, a não tão pequena e aconchegante cidade vizinha à capital paranaense está cheia de diversão.

 

Fizemos um roteiro 24 horas para você conhecer mais sobre a cidade que tem aquele mix de bucolismo com agito que tanto faz bem. Vem que tem, daí!

 

 

8h – Começando o dia 

 

 

Café da manhã servido no hotel. Mesa farta com pães, bolo e frutas. Ambiente acolhedor e agradável. Flores nas mesinhas de madeira.

Sol raiando e a gente quer o quê? Um cafezão, claro. Se jogar num café da manhã super completo para começar o dia é sempre boa ideia e garantia de energia para turistar numa boa.

 

Café de hotel é um luxo só e a gente ama, né? E para sorte dos viajantes, tem hotel BHG na cidade e aquela mesa farta que nós adoramos. Onde? Hotel Tulip Inn São José dos Pinhais, bebê. Vida boa garantida!

 

 

Pães especiais, tortas, croissants, salgados, bolos e mais delícias também te esperam no Mister Pão, opção pra quem quer tomar um café fora do hotel. A padaria abre às 7h. Ótimo para quem gosta de começar o dia cedinho.

 

Ah, não se esqueça de pedir um chineque (pão doce com farofa de açúcar) acompanhado de café. É típico e vai fazer você se sentir um local. 😉

Foto das especialidades do Mister Pão. Deliciosos pães, croissants e bolos.

 

 

O QUE CONHECER EM SÃO JOSÉ DOS PINHAIS 

 

As praças e parques são boas opções para dar uma caminhada matinal e curtir o clima ameno da região de São José dos Pinhais. Além das pistas esportivas, o Parque São José dos Pinhais tem uma infra completa: campo de futebol, churrasqueira, academia ao ar livre e muita natureza.

 

A Praça Verbo Divino é uma das áreas de lazer coletivo mais queridinhas da cidade. Tem pista de skate, espaço kids com balanço e escorregador, academia ao ar livre e rola até jogar futebol de areia. Terça é dia de feirinha com frutas frescas, verduras e lanches durante a noite. Ótima dica!

 

Recentemente revitalizada, a Praça Getúlio Vargas é mais uma alternativa para passeios ao ar livre. Se a visita for noturna, você pode curtir a iluminação especial da caixa d’água, espelho d’água e chafariz. 😉

 

 

Ponte sobre lago em direção ao Parque São José
Parque São José
Quadra de esportes da Praça Verbo Divino.
Praça Verbo Divino
Praça Getúlio Vargas ao anoitecer. Céu rosado com monumento central em destaque.
Praça Getúlio Vargas

 

 

E pra quem gosta de museus, pode aproveitar para conhecer o Museu do Boneco Animado, pertinho da Praça Getúlio Vargas. Marionetes, fantoches, bonecos de vara, bonecos de luva, bonecos de dedo, bonecos gigantes e bonecos de manipulação fazem parte do acervo. #DicaDoBomde: uma semana antes do Carnaval sempre acontece o tradicional desfile dos bonecos por lá. Super fofo!

 

O Museu Municipal Atílio Rocco é um espaço com exposições com uma programação voltada a valorizar a história e as tradições de São José dos Pinhais. Vale conferir!

 

 

Prédio do O Museu Municipal Atílio Rocco. Casa antiga com escadaria que leva ao hall de entrada.
Museu Municipal Atílio Rocco

 

 

10h – Lojinhas pra quem é de compras 

 

 

Nas proximidades da Rua XV de Novembro, no Centro, a concentração de lojas, supermercados e shopping é o paraíso para quem não vai embora sem uma lembrancinha na mala. O Shopping São José tem 150 lojas, praça de alimentação, cinema e programações como exposições e eventos temáticos. Quem quer praticidade? É o melhor lugar.

 

 

12h – Partiu almoço! 

 

 

Delicioso cordeiro servido com batatas no Bambino Mio.
Bambino Mio

 

Sushi servido no Kiro. Na foto, peças com skin e limão.
Kiro Sushi

São José dos Pinhais tem forte influência italiana devido à colonização. Ou seja, não vão faltar opções de restaurantes com massas, pizzas e delícias da gastronomia da mamma. O restaurante Bambino Mio serve almoço e jantar com pratos variados. Já o restaurante e pizzaria Skina oferece buffet com menu diversificado no almoço e pizza à noite.

 

Quem curte um bom churrasco e seus acompanhamentos, a Churrascaria Velha Napolitana e a Churrascaria 2000 devem entrar na rota.

 

Lanche no almoço pode? Claro que pode. E para quem não resiste a um hambúrguer, vai matar a vontade no Trop’s Hamburgueria ou na Rei Arthur Hamburgueria Gourmet. E para comer a mais famosa coxinha de frango com catupiry da cidade vá ao Calçadão.

 

Fãs da cozinha japonesa podem saborear sushis e sashimis no Kiro Sushi, no Shopping São José.

 

 

 

14h – Caminho do Vinho

 

 

 

O Caminho do Vinho é uma rota turística na área rural de São José dos Pinhais que cultiva as tradições italianas trazidas pelos imigrantes da região.

.

Adegas e vinícolas, restaurantes com comidas típicas, os famosos cafés coloniais, artesanato e espaços especiais para festas e eventos integram a rota com 34 propriedades rurais na Colônia Mergulhão.

.

Uma linha turismo está à disposição de quem quiser um passeio acompanhado com guia, feito com mais calma. Vale reservar um dia inteiro só para aproveitar todas as coisas boas da rota. Salute!

Pórticos de entrada da rota turística Caminhos do Vinho.

 

 

 

 

Caminho das Colônias

 

Outra rota turística rural da região é o Caminho das Colônias. Também com opções de restaurantes, cafés coloniais, pesque e pague, artesanato e muita natureza.

 

Na rota está a Colônia Murici, importante comunidade de imigrantes poloneses que também cultivam as tradições do país europeu em terras brasileiras. Na Casa da Cultura Polonesa a história e memória desse povo estão preservadas.

 

#DicaDoBomde: nos restaurantes, é a sua oportunidade de experimentar o pirogue (um pastel cozido recheado com batata, ricota e nata) ou um golabki (charuto de repolho recheado com carne, frango ou porco), típicos cozinha polonesa. Delícias!

 

Igreja ucraniana

 

Dica para quem estiver próximo à Colônia Marcelino: na região está a recém-inaugurada Igreja da Santíssima Trindade, para atender a comunidade ucraniana da região. É um dos maiores templos desse estilo no Paraná e levou 9 anos para ficar pronta. Vale uma visita! 😉

 

 

Colônia Murici
Colônia Murici
Casa da Cultura Polonesa
Casa da Cultura Polonesa
Igreja ucraniana
Igreja ucraniana

 

 

17h – Hora da aventura!

 

Antes de partir para o happy hour ou balada, que tal se jogar bungee jump? Isso mesmo!

 

Para os mais radicais, basta agendar o salto com a galera do Master Jump e garantir os seus minutos de pura adrenalina. Uhu!

 

 

19h / 23h – Happy Hour + baladinha

 

Chope gelado, música ao vivo e batata suíça é no Batata da Vila. Também tá valendo comer pizza no começo da noite: Viniguthi ou Baggio Pizzeria.

 

A galera curte muito sertanejo na cidade. Quem quiser aproveitar, o Armazém Universitário e o Apache Pub são as baladas locais de sucesso.

 

 

+ São José dos Pinhais

 

*Cachoeira dos Ciganos

 

A Cachoeira dos Ciganos fica a 50 km do Centro de São José dos Pinhais, sendo 26 km de saibro, na estrada da Usina da Guaricana. São 15 minutos de caminhada do acesso até a cachoeira, entre trilhas e rios.

 

Dica insider: como o rio se divide em dois durante a trilha, para chegar à cachoeira deve-se seguir sempre à direita. O rio da esquerda não leva à cachoeira. E na trilha na mata também seguir à direita.

 

Todo o esforço é recompensado pelas lindas piscinas naturais e queda d’água de aproximadamente 10 metros.

 

 

Cachoeira dos Ciganos cercada pela mata.

 

*Aeroporto Internacional Afonso Pena

 

 

Fotos do hotel em sequência.

Quem vai para Curitiba e chega pelo moderno Aeroporto Internacional Afonso Pena na verdade vai desembarcar em São José dos Pinhais.

.

Ótima oportunidade para já ficar hospedado na cidade e aproveitar o nosso roteiro, hein?

.

Já falamos antes, mas vale reforçar: o hotel Tulip Inn São José dos Pinhais fica perto de tudo e tem todos os serviços e mordomias BHG que tanto amamos. E o melhor: está a 5 min de carro do aeroporto. Fica a dica!

 

Tá com tempo e quer aproveitar para curtir Curitiba também? Temos roteiro aqui no blog para você. 😀

 

De passagem rápida ou não, São José dos Pinhais não vai te deixar na mão.

 

Roteiro pronto, agora bora turistar! Boa viagem!

Tags

#24horas#Paraná#Roteiro

Posts relacionados