17.10.17 | Escrito por: O Bom de Viajar

Belo Horizonte por insiders

Roteiro e dicas da capital mineira exclusivas para você

Belo Horizonte é uma delícia só!

 

E não estamos falando só do pão de queijo não. Um tour em BH é um prato cheio de alegrias e prazeres urbanos que a gente respeita, adora e quer sempre repetir.

 

Ícones arquitetônicos, parques, ruas arborizadas, comprinhas descoladas, gastronomia dos deuses, vida cultural intensa, muuuitos botecos (é boteco pra mais de metro) e a uma hospitalidade daquelas que logo você pensa que é amigo de longa data.

 

Então prestenção nesse roteirim recheado de coisas boas, do jeitinho que mineiro gosta.

 

 

Belo Horizonte por insiders

 

Um queijim
Um botequim
Um amorzim de lugarzim!

 

 

 

BH é um dos destinos mais queridinhos do Brasil e logo você já vai entender por que.

 

 

Mais do que sotaque e gírias (inconfundíveis), gastronomia (maravilhosa), pão de queijo (delícia!) e os famosos botecos, é o lifestyle mineirinho que faz toda a diferença e transforma a cidade numa grande casa de amigos. De mansinho eles chegam e conquistam você pra sempre!

 

E pra curtir Beagá do jeitinho do povo de lá, temos dicas insiders que vão te guiar.  <3

 

 

Belo Horizonte por insiders

.

Savassi é um bairro super descolado e com tudo que você precisa pra se divertir o dia inteirinho.

 

Um bom começo é dar uma caminhada e praticar o deboísmo na Praça da Liberdade, um dos ícones histórico local. Construída na época da fundação de BH (final do século XIX), a praça foi inspirada nos jardins do Palácio de Versalhes, na França, e na capital norte-americana, Washington.

 

Além da beleza, a praça integra o Circuito Cultural Praça da Liberdade, maior conjunto integrado cultural do país, e tem no seu entorno duas construções projetadas por Oscar Niemeyer (o famoso Edifício Niemeyer e a Biblioteca Pública).

 

Exposição "Instante Infinito".
Exposição “Instante Infinito”. Foto: facebook.com/circuitoliberdade

 

É o tipo de passeio 5 em 1. Você dá um rolezinho pela praça e ainda tem várias opções de museus e espaços culturais incríveis para visitar:

 

Arquivo Público Mineiro
Centro de Arte Popular
Biblioteca Pública Estadual Luiz de Bessa
Espaço do Conhecimento UFMG
Museu das Minas e do Metal

Memorial Minas Gerais Vale
Museu Mineiro
Centro Cultural Banco do Brasil – CCBB
Casa Fiat de Cultura
Cefar Liberdade
Casa da Economia Criativa
Palácio da Liberdade
Praça da Liberdade

 

 

Vale conhecer todos os espaços sim. E tem a facilidade de estarem todos próximos uns dos outros. Se não tiver tempo, confere a programação e escolha o que tiver mais a ver com você.

 

 

E pra manter o clima cultural do tour, as livrarias Ouvidor e a Quixote Livraria são opções bacanas da região para incluir no roteiro cult.

 

O Café com Letras faz a dobradinha literatura e gastronomia como ninguém. Com uma programação intensa, inclusive musical, é um lugar para ir sem pressa e apreciar a vida com calma.

 

E para começar o momento souvenirs que não abrimos mão, a Diadorim Armazém Contemporâneo é ótima pra isso. É uma mistura de mercadinho e empório com produtos super locais.

 

A De-Lá é uma lojinha com relíquias da terra: queijos artesanais, doces caseiros, cachaças, cafés e várias outras maravilhas de pequenos produtores mineiros. É tipo amor em forma compota!

 

Bora abrir os trabalhos gastronômicos?

Belo Horizonte por insiders
Foto: facebook.com/livrariaouvidor

 

Belo Horizonte por insiders
Foto: facebook.com/cafecomletras

 

Belo Horizonte por insiders
Foto: facebook.com/produtosdela


Comida saudável, gostosa e num ambiente super aconchegante, a Casa Amora oferece cardápio variado todos os dias e os sucos naturais são deliciosos.

 

No tradicional La Traviata dá pra ir da pizza ao espaguete sem culpa. O restaurante serve almoço e janta, facilitando a vida de turista.

 

E se bater a vontade de um indiano, corre para o Maharaj. Além da comida incrível, o restô funciona no mesmo local do Consulado da Índia, e a decoração tem peças trazidas pelo próprio cônsul. Já deu pra imagina a lindeza, né?

 

Na categoria doces imperdíveis, a Lullo Gelato tem muitos pontos. É sorvete artesanal com casquinha recheada e feita na hora. Não é por acaso que esse pequeno cantinho de amor em forma de sorvete está sempre lotado.

 

Na A Pão de Queijaria você vai poder comer o melhor pão de queijo da vida, na hora e quentim (desculpa, não resistimos ao sotaque), ou levar pra casa, ou as duas coisas (que é pra não se arrepender depois). Quem curte inovação, tem sanduíche de pão de queijo (recheios salgados e doces). Não se esquece de pedir o catchup de goiabada da casa, tá? Poderíamos viver só disso!

 

Consumo consciente é sempre bem-vindo, não é? 😉 E pra quem faz parte do movimento slow fashion, vale dar uma passadinha no Brechó Dorotea. Roupas vintage e peças raras é aqui.  ☺

 

 

Belo Horizonte por insiders
Restaurante Maharaj. Foto: facebook.com/RestauranteMaharaj

Belo Horizonte por insiders
A Pão de Queijaria. Foto: facebook.com/APaoDeQueijaria

Belo Horizonte por insiders
Brechó Dorotea. Foto: facebook.com/doroteabrecho

 

 

BH por insiders

 

 

Tulip Inn Belo Horizonte é o cantinho pra chamar de seu em BH. Ficar bem hospedado faz toda a diferença para uma viagem feliz. 😉

 

 

Belo Horizonte por insiders

.

Não dá pra voltar pra casa sem conhecer o Mercado Central. De flores a artesanato, de temperos a pet shop, é um dos lugares mais incríveis e que representa muito bem Belo Horizonte. São 400 lojas com produtos bem mineirinhos. Dá até pra agendar uma visita guiada. A gente já ouviu falar que esse é um dos três melhores mercados do MUNDO. Eita trem bão!

 

Com um parque de diversões pra criançada, teatro e mais de 50 espécies de árvores diferentes, o Parque Municipal Américo Renné Giannetti é mais uma das atrações de BH. São mais de 100 anos de conservação, fauna e flora.

 

Um clássico dos domingos de Beagá é a Feira Hippie. Comida de Rua, artesanatos e muita gente local pra você conhecer.

 

 

Belo Horizonte por insiders
Mercado Central de Belo Horizonte. Foto: facebook.com/mercadocentralbhz

Belo Horizonte por insiders
Parque Municipal Américo Renné Giannetti

Belo Horizonte por insiders
Feira Hippie. Foto/divulgação: Divino Advincula

 

Ainda sobre os passeios que não podem faltar, o Conjunto Arquitetônico da Pampulha é uma das experiências mais bacanas ao ar livre. Dá pra andar de bike, caminhar ou qualquer atividade que te inspire em volta da Lagoa da Pampulha, ponto chave do conjunto. Também por ali ficam a Igrejinha São Francisco de Assis, o Museu de Arte da Pampulha (MAP), a Casa do Baile, o Centro Cultural e o Iate Clube. Todas essas maravilhas são obras do Niemayer e merecem um dia do seu tour por BH.

 

Pertinho do complexo Pampulha fica a Casa Kubitschek, outra atração do circuito cultural da cidade. Com telhado em forma de asa de borboleta e jardins do paisagista Roberto Burle Marx, também projetada por Niemayer, a casa era o refúgio de fim de semana do então prefeito de Belo Horizonte, Juscelino Kubitschek. Os cults piram na capital mineira!

 

Pra quem é trend e fashionista, pode incluir no passeio o Museu da Moda de Belo Horizonte (MUMO) – o primeiro museu público desse tipo no Brasil. Tendência e inovação, a gente vê em BH! 😉

 

 

Belo Horizonte por insiders

.

 

Depois dessas dicas culturais valiosas, já bateu a fome de novo, e voltamos à programação gastronômica. 😀

 

E para celebrar a incrível comida mineira, a Maria das Tranças é a nossa dica. São mais de 60 anos de cozinha e pratos típicos, meu bem.

 

O Alma Chef, dos chefs Felipe Rameh e Thiago Guerra, é pra quem curte sofisticação à mesa.

 

Pra saborear as delícias da terra, num ambiente bem simpático e com cara de fazenda, o restaurante Xapuri é o lugar. A casa produz linguiças e doces, além de ter uma lojinha de artesanato.

 

Belo Horizonte por insiders
Alma Chef Gastronomia. Foto: facebook.com/AlmaChefGastronomia

 

Belo Horizonte por insiders
Restaurante Xapuri. Foto: facebook.com/RestauranteXapuri

 

Belo Horizonte por insiders
Restaurante Faz de Conta. Foto: facebook.com/restaurantefazdeconta

 

 

No Faz de Conta tudo é real e oficial, não tem nada de mentira lá. No esquema buffet livre, vai ser difícil ficar pouco tempo por lá. Delícias mineiras à vontade.

 

 

Belo Horizonte por insiders
Mercearia 130. Foto: facebook.com/Mercearia130

 

A charmosa Casa Bonomi é uma padaria, mas com opções de refeições variadas todos os dias. Dos pães as massas, tudo é feito na casa.

 

O descolado Utopia Resto-Bar tem um ambiente diferentão e um cardápio que vai dos caldos aos pescados lindamente. É nesse resto que servem um drink com algodão doce por cima. Demais!

 

Ingredientes fresquinhos e ambiente bacana, o Mercearia 130 é mais uma opção de sabor local com pegada mais atual.



Para os hipsters de plantão, um local bacana é o Guaja.  É um espaço coworking bem moderno e após as 18h começam as atividades do Bar do Convés, no mesmo local. 😉

 

Exagerou no rolê? Quer algo mais levinho? Corre para o querido Chá Comigo. É muito amor!

 

Belo Horizonte por insiders

 

 

.

Belo Horizonte por insiders

.

 

Se Belo Horizonte é a Capital Mundial dos Botecos então bora botecar, né?

 

A quantidade de bares por metro quadrado é grande, então vamos listar alguns e indicar as regiões mais badaladas para você escolher.

 

Ah, do boteco para a balada é só um detalhe, viu? O que começa com um choppinho, pode muito bem terminar na pista, sem precisar sair do local. Ponto para BH!

 

 

Ti Zé: com mesas na calçada, o boteco costuma lotar nos finais de semana.

 

80 Bar: para curtir um bom rock e com mesas ao ar livre.

 

Villa Paraty: petiscos e MPB.

 

Albanos: tradicional bar da famosa Rua Pium-í (com muitos outros bares), tem tudo o que você espera de um bom boteco. Tem outra unidade no bairro Lourdes.

 

Bar da Cácia (karaokê): bebidinhas, petiscos e muito Lá Maior na parte superior do bar que tem karaokê. O agito começa às 16h e pode não ter hora pra acabar.

Belo Horizonte por insiders
Tizé Bar e Butequim. Foto: facebook.com/tizeoficial

 

Belo Horizonte por insiders
Choperia Albanos. Foto: facebook.com/choperiaalbanos

 

Pub Major Lock: primeiro pub no estilo gringo de BH. É a baladinha pop e jovem do roteiro.

 

Bombshell: rolê alternativo e underground? Temos.

 

Fifty Lourdes: de brasilidades a pop à vontade no bar, lounge + pista.

 

Estação 2000: pra dar o close certo e dançar até o amanhecer.

 

Bairro Santa Tereza: conhecido por ser um bairro boêmio e frequentados por artistas locais, vale ir até a Rua Bocaiúva, onde se concentram vários bares bacanas. É aqui que fica o famoso restaurante Bolão, aberto 24 horas. 

 

Bairro Lourdes: com opções de bares mais sofisticados, é uma das regiões mais caras de BH.

 

Edifício Maletta: um ícone para curtir as noites em BH na região do Centro, o edifício tem várias opções de bares e restaurantes. Diversidade de público e uma varanda incrível com vista para Rua Bahia são um dos charmes do prédio.

 

 

Belo Horizonte por insiders
Bombshell Bar. Foto: facebook.com/bombshellbh
Belo Horizonte por insiders
Major Lock. Foto: majorlock.com.br

 

Belo Horizonte por insiders
FIFTYBH. Foto: facebook.com/FIFTYBH

 

 

 

Belo Horizonte por insiders

.

 

Rua do Amendoim: perto do Mirante do Mangabeiras (que também vale a visita), a rua ficou famosa porque ao desligar o motor do carro, no começo da rua (que é uma subidinha), o veículo segue subindo. Mistérios de BH! 😀

 

 

Belo Horizonte por insiders

.

BH tem muita coisa boa pra fazer e já comprávamos isso, não é? Mas se tiver mais tempo, vale combinar a viagem com outros destinos incríveis como Inhotim, Uberlândia e Sete Lagoas. Tá valendo muito fazer um pacotão e curtir mais das maravilhas de Minas Gerais, hein. 😉

 

O nosso tour por essa cidade incrível fica por aqui.
Se a gente já tá louco pra voltar? Com certeza!

 

Um tiquim de Belo Horizonte nunca é demais, sô.

 

BH é sempre +