05.07.19 | Escrito por: O Bom de Viajar

Guia do turista sustentável

Todos juntos pela preservação e conservação do meio ambiente

Cuidar do nosso planeta é cada vez mais urgente e necessário. ⚠️

 

Sabemos que se não adotarmos, o quanto antes, novos hábitos de consumo, recursos naturais como água, fauna e flora serão afetados de forma irreversível.

 

Alguns problemas como o efeito estufa, aumento da temperatura global e o buraco na camada de ozônio já são bem conhecidos da gente, né? E não queremos que se agravem cada vez mais.

 

MAS COMO AJUDAR NOSSO PLANETA?

 

 

Se em casa já contribuímos com ações como separação do lixo, redução do tempo no banho, apagando luzes em ambientes que não estamos utilizando entre outros, então por que não praticarmos o mesmo quando estamos viajando?

 

E para ajudar nessa missão, fizemos um guia com sugestões de turismo sustentável, com pequenas atitudes que farão toda a diferença quando você estiver turistando por aí com objetivo de preservar o planeta

 

Partiu ser um turista consciente e sustentável. Afinal, somos todos cidadãos do mundo e a Terra é o nosso grande lar.

Ilustração Turista Sustentável

Bora deixar o planeta mais sustentável, equilibrado e feliz?

 

 

Sempre tem um jeito de colaborar com o meio ambiente e praticar o turismo sustentável. Quer saber como? Vem com a gente!

 

 

 

  TURISTA SUSTENTÁVEL, ATIVAR! 

 

 

 

 

Atitudes para ser um turista amigo do planeta:

 

Quando for procurar por passagens aéreas, dê preferência aos voos diretos. Voos sem escalas economizam tempo e também reduzem o volume de emissões de carbono, que são maiores durante as decolagens e aterrissagens.

 

Dar prioridade para hotéis que fiquem próximos aos locais que você quer conhecer é super sustentável. Como? Você estará contribuindo com a redução de emissão de poluentes por usar menos transporte e fazer os trajetos a pé ou de bike. 🚲

 

Ao fazer uma trilha, nunca se esqueça de recolher seu lixo. Leve-o com você até encontrar uma lixeira para descartá-lo, combinado?

 

Não retire nada no caminho: jamais remova plantas ou animais do seu habitat natural, pois isso pode ter grande impacto naquele ecossistema. Se quiser levar uma lembrança com você, tire fotos e guarde as histórias na memória! 📷

 

Uma ótima opção pra quem quer viajar e ainda fazer o bem para uma causa é o volunturismo. Nesse tipo de turismo, você faz parte de modo voluntário em projetos com os quais você se identifique. É um modo incrível de fazer bem ao planeta, às outras pessoas e, de quebra, viver intensamente a cultura local do destino para o qual você deseja ir!

 

 

Ecoturismo – uma viagem para quem ama natureza

 

 

Você certamente já ouviu falar em ecoturismo, certo?

 

Ecoturismo, ou ainda turismo de natureza, é a modalidade de turismo sustentável que tem como objetivo respeitar, preservar e manter o equilíbrio natural do meio.

 

Aqui, a vibe gira em torno da educação ambiental e do respeito ao meio ambiente. Se você é apaixonado pela natureza, vale dar preferência aos destinos que estejam ligados a essa prática. 🌳

 

E cá entre nós, o Brasil é um dos melhores destinos no mundo para quem ama ecoturismo, né não? E pra quem já ficou cheio de vontade de cair na estrada, temos dicas e roteiros para você colocar na sua lista agora mesmo. Confira abaixo:

 

 

Outra opção para quem quer fazer uma viagem mais sustentável é o turismo rural. Aqui, o foco é permitir um contato mais direto com o meio ambiente, a agricultura e as tradições locais. É possível se hospedar em ambientes familiares e rurais, onde você pode vivenciar o dia a dia dessas pessoas e fazer parte da dinâmica com o meio ambiente!

 

 

 

Passo a passo para ser um turista sustentável

 

 

Chegou ao destino tão sonhado? Ótimo!

 

Fez o check-in e a partir de agora é só alegria? Yes!

 

Tomar os mesmos cuidados que temos quando estamos em casa é a primeira dica para ser um turista consciente.

 

Quer pensar sustentável? Então, lembre-se sempre:

 

Aproveite ao máximo luz natural do quarto! E quando sair não esqueça de apagar as luzes.

 

Escovar os dentes com a torneira fechada vai economizar muita água. ☺️

 

Banho longo é coisa do passado. A Organização Mundial da Saúde (OMS) indica 5 minutos como duração ideal para um banho completo e sustentável.

 

Muitos hotéis já possuem a descarga inteligente, que despeja 3 ou 6 litros de acordo com a opção de uso: menos água para resíduos líquidos, mais para sólidos. Isso garante uma economia de até 50% ao mês. Para se ter uma ideia do impacto ambiental, basta comparar com os sistemas mais antigos, que demandam até 12 litros por acionamento.

 

 

Roupas que não precisam ser passadas também ajudam. – eletricidade + economia. Sucesso total!

 

• Aproveite que está passeando para se desligar dos eletrônicos. Viver com simplicidade está em alta e economiza energia também! \o/

 

Se uma janela aberta não resolver o problema de calor, prefira ventilador ao invés de ar-condicionado. É uma boa alternativa para consumir menos energia.

 

Não se esqueça de levar a sua sacola retornável nas suas viagens. Vai ser super útil na hora de ir às compras no supermercado local ou até na feirinha. Além disso, algumas cidades brasileiras, como o Rio de Janeiro e Brasília, já proibiram a venda e distribuição dessas grandes vilãs do meio ambiente em alguns setores comerciais. Um hábito ruim, que precisamos banir do mundo o quanto antes. Afinal, quem precisa de um monte sacolas plásticas?!

 

Ter uma garrafa reutilizável para beber água evita a compra de novas garrafinhas e acúmulo de resíduos na cidade. ♻️

 

Sempre que possível, peça sua bebida sem canudinhos plásticos. Eles causam grande impacto na vida marinha, podendo levar à morte diversos animais! No Rio de Janeiro, por exemplo, sua distribuição em bares, restaurantes e quiosques foi proibida em 2018, pela lei 6.384 de 04 de julho de 2018. Agora, esses estabelecimentos devem fornecer canudinhos biodegradáveis. Essa é uma tendência mundial e também foi adotada por outras cidades brasileiras.

 

• E pra quem não consegue viver sem canudinho, pode adquirir uma das várias opções de canudos reutilizáveis disponíveis no mercado. Tem de bambu, aço inoxidável, vidro e etc.

 

Partiu praia! Curta ao máximo a natureza, a areia e o mar. Mas antes de ir embora, não se esqueça de deixar o ambiente limpo e sem resíduos. O mesmo serve para outros passeios ao ar livre, combinado?

 

 

Curta passeios a pé ou de bike. Que tal um roteiro free walking ou pedalando por aí?

 

Viva intensamente a cidade como um nativo. Apoie os negócios locais, pois isso ajuda a impulsionar a economia local, algo muito positivo para aquela comunidade. Se for comprar lembrancinhas, dê preferência ao trabalho de artesãos locais, que mantêm a cultura regional sempre viva. Porém, fique atento ao material usado e não compre nada que seja feito de matéria-prima que cause dano à natureza, ok?

 

Respeite sempre a cultura local. Viajar é também um ato social, e as pessoas que moram naquele destino merecem respeito! Não tire fotos sem permissão, respeite as diferenças e, sempre que possível, permita-se ouvir suas histórias e conhecer seu modo de vida. Melhor forma de troca cultural, não é mesmo?  ❤

 

Prefira sempre os alimentos da estação e de produção regional. São necessários menos agrotóxicos para produzi-los, além da distância menor a ser percorrida para sua distribuição. E a melhor parte: eles costumam fazer parte dos pratos típicos do destino, ou seja, é uma forma excelente de experimentar os sabores locais!

 

• Sempre que possível, opte por viajar na baixa temporada. Assim, você ajuda a não sobrecarregar o destino com excesso de turistas. Também evite tocar nos animais, assim como passeios que exploram esse tipo de interação.

 

Está viajando de carro? Sem problemas. Aproveite para compartilhar caronas com pessoas que estão indo para o mesmo destino. E quando não precisar, deixe o veículo estacionado e use o transporte público local. Atitude super positiva e muito sustentável. 

 

 

Você sabia que

 

 

Aparelhos eletrônicos conectados na tomada seguem consumindo energia mesmo quando no modo stand by? Então se lembre sempre de desligar tudo quando não estiver usando (e principalmente quando for sair para uma viagem).

 

O consumo médio de um carregador de celular conectado à tomada quando não está carregando é de 0,26 watt e de 1 a 5 watts quando um aparelho já está carregado e segue conectado a ele. Então, bateria 100% carregada = desligar o carregador da tomada. 

 

60% do consumo de água nos hotéis estão ligados à hospedagem (uso dos turistas, limpeza e manutenção, lavanderia). Cada turista consome quase 3 vezes mais água do que a média dos residentes. Então só peça para trocar as toalhas e o enxoval no hotel se for realmente necessário.

 

Proteger o patrimônio natural é responsabilidade de todos.

 

Vamos juntos praticar o turismo sustentável e promover a consciência ambiental? 🌎

 

Boa viagem! ✈️